Caixa Preta

Quadrilha no carro

 

CAIXA PRETA é uma minissérie de ficção com quatro episódios de 26 minutos com lançamento previsto em TV por assinatura no Canal Prime Box Brazil. A produção será viabilizada com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.

A quadrilha dos irmãos Lemos assalta um banco em Santa Catarina. Atravessa várias barreiras da polícia na volta ao Rio Grande do Sul e se refugia numa casa de praia fechada no litoral norte. O tenente Rios comanda o cerco aos assaltantes. Durante o evento, é revelada a origem dos chefes da quadrilha e sua ligação de infância com o comandante da operação. Através de depoimentos, detalhes das vidas dos outros personagens são também apresentados como um quebra-cabeça que vai montando a relação entre os protagonistas e a complexidade das situações que vão se apresentando até o desfecho final.

Com produção e realização da Primeiro Corte Produções, CAIXA PRETA conta com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual através da Chamada Pública PRODAV 01/2013. Em coprodução com a Spectra Filmes e produção associada com Redentor Filmes, Locall Equipamentos, Kiko Ferraz Studios, Bactéria Filmes e Henrique Schaefer. Tem como apoiadores a Prefeitura de Arroio do Sal, Action X, Casa de Cinema de Porto Alegre, COESP Treinamento Tático, Combat Zone, Colateral Filmes, CS Tur, Hotel Sereia, Tecna/PUC-RS, Prana Filmes e Play Vídeo Produtora.

 

PREVISÃO DE LANÇAMENTO NO PRIME BOX BRAZIL

 

PERSONAGENS

GUMERCINDO (Nelson Diniz) – 50 anos. Chefe da quadrilha e irmão mais velho dos Lemos. Tem uma inteligência aguda, uma visão de mundo niilista. Tem medo de se apegar emocionalmente e por isso busca a distância das pessoas. Gostava da mãe, mais por um sentimento de reconhecimento do que por um amor verdadeiro. Sente o mesmo pelo irmão mais novo, seu comparsa. Apesar de expressar um desprezo pelas regras e hierarquia do mundo “legal” segura sua quadrilha com mão de ferro. Grande estrategista.

TENENTE RIOS (Bebeto Alves) 50 anos. Oficial da Polícia Militar. Serve em Santana do Livramento, cidade de fronteira onde nasceu e cresceu. Tem um grande respeito pela farda, pelas leis e instituições. O fato de estar à frente do cerco aos irmãos Lemos, por uma circunstância muito específica, pode mudar o desfecho da ação, graças à rivalidade que tem com Gumercindo e seu princípio fundamental, que é o de “fazer a coisa certa”. Há momentos em que estas duas diretrizes conflitam.

ONOFRE (Clemente Viscaíno) –  65 anos. Pescador. Antes saía de barco para pescar. Nos últimos anos, tem ficado mais no anzol e caniço, além de pequenos trabalhos de manutenção nas casas de veraneio. Casado há mais de 40 anos, tem uma grande parceria com a esposa. Lamenta por não terem filhos.

SARGENTO AMARAL (Álvaro Rosacosta) – De origem humilde, tem mulher e dois filhos pequenos. É normalmente um homem pacato. Tenta levar seu trabalho como policial como qualquer outro emprego. Até o dia do cerco. Perdeu recentemente o pai, um homem velho como o pescador Onofre. Sente-se culpado quando este corre perigo, o que o faz mudar sua atitude, sair de seu comportamento pacato.

WALTER (Leonardo Machado) – Motorista da quadrilha. Oriundo da classe média, frequentou uma boa escola e uma casa cheia de livros e discos. Na adolescência saiu de casa e foi para o Rio de Janeiro. Lá, começou com pequenos furtos sua entrada para o mundo do crime. Frio e ponderado, teria condições de liderar sua própria quadrilha, mas não tem interesse. Gosta de lidar com máquinas e motores. Tem orgulho de sua habilidade ao volante. Está na quadrilha há mais de seis anos.

GILVAN (Vinícius Cáurio) – 47 anos. Irmão mais novo dos Lemos. Sente-se também num papel de liderança na quadrilha, como um tenente de seu irmão, o que não é reconhecido pelos outros. Tipo rústico, selvagem, age mais por intuição do que por raciocínio. Gumercindo é um dos poucos que exercem sobre ele autoridade. Tem uma verdadeira paixão e admiração por este irmão, sua única conexão afetiva.

LEO (Leandro Lefa) – 30 anos. Integrante da quadrilha. Tem grande destreza física. Optou pela vida do crime, achava um absurdo seus pais trabalharem árdua e honestamente, se esgotando o dia todo, sem conseguirem uma vida digna para eles e os filhos. Começou como avião de traficante no morro em que morava. Ainda na adolescência, passou para crimes de maior envergadura.

STRIKE – 30 anos. Exímio atirador. De poucas palavras. Quer ficar rico em um ou dois golpes e depois “sumir do mapa”, curtir a vida. Tem uma admiração pelo Gumercindo, mas não pretende, como ele, passar a vida planejando assaltos e sendo perseguido pela polícia. Acredita que pode driblar este destino conseguindo uma “bolada” em grandes assaltos e depois sumir para outro estado ou para o exterior, virando esta página de sua vida.

 

 

Trailer

 

EQUIPE

DIREÇÃO
Roteiro e direção: Jaime Lerner 
Primeira assistente de direção: Laura Mansur
Segunda assistente de direção: Daniela Strack e Dimas Vedovato

FOTOGRAFIA
Direção de Fotografia: Jaime Lerner
Operador de câmera: Claudio Patto
Assistente de câmera: Juliano Dutra 
Segundo assistente de câmera: João Pedro Siliprandi
Logger: Bruno Carvalho Cardoso 
Fotografia Still: Karen Eggers
Eletricista: Dudu Careca
Assistente Elétrica: Kunta
Geradorista: Leandro Mercanti

SOM DIRETO
Técnico de som: Juan Quintáns 
Assistente de Som: Raysa Fisch

ARTE
Direção de arte: Bernardo Zortea 
Produtora de Objetos: Claudia Rita
Efeitos Especiais: Tiago Machado Kraemer – “Muka”
Figurinista: Mariane Collovini
Maquiador/Cabeleireiro: Johnny Left 
Contra-regra: Crespo 
Assistente Contra-Regra: Cléo Avila

PRODUÇÃO
Produção Executiva: Flávia Matzenbacher
Assistente de Produção Executiva: Camila Freire
Coordenação Financeira: Laura Enrich
Direção de Produção: Luísa Adegas
Assistente de Produção: Presi de Moraes
Produtor de Set: Marcelo Baieski “Tchaca” 
Segurança de Produção: Gabriel e Douglas
Assistente de Produção de Base: Guilherme Novello
Alimentação: Rosane Genz
Segurança: Renato Ramalho
Caminhão: Nenê
Motoristas: Neco, Pituca e Leandro Mercanti

ELENCO
Produtora de elenco: Flávia Matzenbacher
Assistente de elenco: Kellen Linhares

PÓS-PRODUÇÃO
Montagem: Lúcio Born

Computação e efeitos visuais: Pedro Marques
Música: Renan Franzen
Edição de som e mixagem: Kiko Ferraz Studios

MAKING OF
Ana Luísa Moura
Karen Eggers
Felipe Iesbick

 

 

 

LOGOS_CAIXA_PRETA_SITE