Cipó – coletivo

 

 

COLETIVO DE IDEIAS, PROJETOS E OBRAS AUDIOVISUAIS

 

O CIPÓ é um projeto dinâmico de coletivo que se propõe como um espaço transitório para reunir estudantes, profissionais, aspirantes e simpatizantes da sétima arte, agregando estilos e formatos distintos, reunidos graças aos laços e afinidades da vida acadêmica ou a trabalhos conjuntos já realizados. Calcado em um processo de criação e desenvolvimento colaborativo, no compartilhamento de ideias e opiniões, busca o aprimoramento constante de seus participantes, proporcionando potencializando experiências de produção e potencializando habilidades e competências, desenvolvendo cada vez mais o espírito de equipe. Um desafio que juntos pretendemos enfrentar com muita vontade, dedicação, entusiasmo e desprendimento.

Em seu primeiro estágio, o foco esteve no estreitamento de laços e no desenho de estratégias de capacitação, qualificação e aperfeiçoamento de todos envolvidos, promovendo a inserção dos jovens realizadores e técnicos no mercado, engajando-os com profissionais já experientes e atuantes, facilitando assim o processo de interação com outros sujeitos e entes da cadeia produtiva, buscando a minimização de obstáculos e a superação de desafios frente ao processo de aceitação e adaptação destes às tendências do cenário da produção atual.

Busca um constante monitoramento da metodologia proposta para a criação e desenvolvimento de projetos voltados ao cinema, televisão e outras mídias, sob os mais variados gêneros e formatos, com vistas não só à viabilização da produção mas também à carreira exitosa das obras que daí virão.

CIPÓ pretende ser um propulsor e viabilizador tanto dos projetos de seus integrantes e de seus facilitadores e parceiros, quanto de outras produtoras e entidades já atuantes no mercado, buscando adotar a política da parceria, da formação de alianças com entes públicos e privados, dentre outras estratégias de atuação e abordagem.

Canal no vimeo:

Coletivo Cipó

 

 

Projetos em desenvolvimento

Cineclube Nostalgia

Estrangeiros

Alguns participantes:

 

Ana Luísa Moura

Ana Luiza MOURA

Acadêmica de Relações Públicas pela UFRGS e de Produção Audiovisual pela PUC/RS. No audiovisual realizou making of, com destaque para a série “Caixa Preta”, produzida pela Primeiro Corte Produções e fotografia still para curtas-metragens. Roteirizou e dirigiu seu primeiro curta-metragem de ficção “Ínsula” pela UFRGS, selecionado para o IV Festival O Cubo de Cinema no Rio de Janeiro/RJ. Divide seu tempo estudando e aprimorando sua capacidade profissional em cursos e trabalhos voluntários. Atualmente é aluna bolsista de iniciação científica no Tecna – PUCRS.

 

Bianca Figueiró Alves

BIANCA FIGUEIRO ALVES

Estudante na faculdade de Design em Produção Multimídia do SENAC,  atuou na filmagem e na edição de “Tudo que vai volta”, na fotografia e iluminação de diversos ensaios fotográficos e stopmotions, na gravação e edição de áudio “A escolha de Chonsen”, além de contribuições em roteiros e animação 2d “O lenhador”. Atualmente trabalha com o projeto Blue Boys produzido pela Hellas Filmes e Escola de Atores TV & Cinema.

 

 

Diovany Coutt

24 Anos. Graduado em Administração com ênfase em Marketing. No período de 2014 a 2016 integrou a Cambada de Teatro Levanta Favela onde apresentou “Os Ilegais”, participou da montagem da peça “A Mulher Crucificada” e ministrou oficinas de teatro para as crianças da Ocupação Lanceiros Negros.

 

 

 

Douglas Zborowsky

DOUGLAS ZBOROWSKY

Nascido no dia 13 de Julho de 1997 em Porto Alegre/RS, cresceu na zona norte da cidade e concluiu o Ensino Médio no Colégio Sinodal do Salvador no ano de 2014. Logo após, iniciou os estudos no Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual da PUCRS, onde pode exercer diversas funções da realização cinematográfica. Obteve experiência em projetos universitários e independentes, além de cursos na Casa de Cinema, Fluxo, EFA e Inspiratorium/SP. Destaca-se pelo roteiro e direção de “Dia de Caça” e pela direção de fotografia e efeitos especiais de seu TCC “Bossa”. Formou-se no primeiro semestre de 2017 e iniciou estudos de Desenho, Pintura e Assamblagem no Atelier Livre Xico Stockinger.

 

Flávia Matzenbacher

FLAVA MATZENBACHER

 

Formada em Ciências Sociais, especialista em projetos sociais e culturais. Fundadora da Primeiro Corte e idealizadora do Coletivo Cipó, Flávia tem mais de treze anos de experiência em produção executiva em longas metragens, séries e eventos de formação e difusão.

 

 

Felipe Mianes

FELIPE_MIANES

Graduado em História (PUCRS), Mestre e Doutor em Educação (UFRGS), Pós-Doutorando (ULBRA). Pesquisador e professor nas áreas de Educação inclusiva, Estudos Sobre Deficiência, Deficiência visual, audiodescrição,Formação de professores e outras áreas ligadas à inclusão social. É audiodescritor, vice-presidente da AGADE (Associação Gaúcha de Audiodescritores). Realizou diversos trabalhos de audiodescrição de diferentes produtos, livros didáticos, peças de teatro, exposições de arte e, principalmente, materiais de audiovisual.

 

 

Guto Bozzetti

GUTO BOZZETTI

Produtor, diretor, roteirista e animador, produziu inúmeros trabalhos para a TV e o cinema, incluindo a série de animação “X-Coração”, exibida nos canais Disney XD e TV Brasil e o longa-metragem de ficção independente “Eu não vou dizer eu te amo”, exibido no Festival de Cinema de Gramado em 2016. É graduado em cinema pela ULBRA e mestrando em Comunicação Social pela Unisinos.

 

 

 


Lúcio Born

Lucio-Born

Montador cinematográfico, trabalha com cinema desde 2005. Trabalhou em diversos longas, curtas, séries e programas de televisão. Em 2009 fundou a Primeiro Corte Produções.

 

 

 

 

 

Renata Rezende

RENATA REZENDE

Nascida em maio de 1997 em São Leopoldo/RS. Iniciou os estudos no Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual da PUC/RS, onde atuou nas áreas de direção de fotografia, arte, produção e atores. Participou de grupos de pesquisa e de estudos como o Cinesofia, na Famecos. Trabalhou como cinegrafista em eventos e como produtora audiovisual na ONG “Inspira”, no período que morou em Lima/Peru. Destaca-se pela direção do curta documental “Não Estou Só” e pela roteirização e direção do curta metragem “Bossa”, trabalho de conclusão do seu curso.

 

Ricardo Fagundes

RICARDO FAGUNDES

 

Formado em Arquitetura com especialização em Realização Audiovisual, Ricardo é ator, produtor e gestor cultural. Idealizador do projeto Cinema na Escola, distribuído pela internet para mais de 300 escolas da rede pública do Estado do RS. Atuou como educador e diretor de dois curtas independentes com equipe formada por estudantes da rede pública.

 

 

 

Sérgio Albeche

SERGIO ALBECHEComeçou a escrever aos 14 anos, redigindo o primeiro volume da saga infanto-juvenil “A Profecia dos Gatos”. Formado em Cinema pela ULBRA,  fez assistência de produção no longa metragem “Eu Não Vou Dizer Eu Te Amo”, do diretor Guto Bozzetti, exibido no festival de cinema de Gramado. O longa também foi selecionado para o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro na Seleção Oficial do Festival Cannes.

 

 

 

 

Willian Tondim

WILLIAM TONDIM

 

Graduado em cinema na PUC/RS, atualmente focado na Fotografia, já trabalhou com  desenho de som e montagem em diversos curtas metragens  independentes.